Preciso de Advogado Para dar Entrada na Revisão da Vida Toda?

Advogado Para dar Entrada na  Revisão da Vida

Advogado Para dar Entrada na Revisão da Vida? É necessário, afinal?

Desde que foi aprovada pelo STF, já beneficiou muita gente, mas, existem segurados que vêm pedindo essa Revisão sem o auxílio de Advogado Especialista na Justiça ou de maneira administrativa.

Porém, o que muitos segurados que realizam esse pedido não sabem é que mesmo sendo possível realizar esse pedido sozinhos, existem algumas pegadinhas que o INSS não te conta.

Dito isso, aqui, eu vou te falar sobre os cuidados que você deve tomar para entrar com esse pedido sem precisar de um Advogado para dar entrada na Revisão da Vida Toda.

Caso queira evitar negativas por parte do INSS ou queira falar com um Advogado, clique abaixo e resolva o quanto antes o seu caso.

Aqui você vai saber:

Sumário

Afina, é necessário um Advogado para dar entrada na Revisão da Vida? Qual a função dele?

A princípio, a Revisão da Vida Toda não é apenas um simples pedido que se faz na justiça pedindo para aumentar os salários.

Infelizmente, aqui mora o erro de muitos advogados e até segurados que não entendem a tese completamente.

Em suma, o Advogado para dar entrada na Revisão da Vida Toda, possui 3 papéis fundamentais no processo de Revisão, que vão garantir o sucesso na demanda, veja:

  • Verificar os erros no CNIS para resolver o problema antes de entrar com a Revisão da Vida Toda.
  • Comprovar os salários anteriores a 01/1982, que são os que não estão no CNIS;
  • Realizar os cálculos para verificar se a Revisão da Vida Toda é vantajosa, descobrindo para quanto a aposentadoria pode subir e quais são os valores dos atrasados.

E eu também fiz um vídeo detalhado sobre o papel do advogado:

O perigo ao dar entrada sem um Advogado para Revisão da Vida Toda

A priori, o Advogado é o responsável por realizar os seus cálculos e verificar se você pode ter efetivamente direito a um aumento de aposentadoria.

Pode parecer pouca coisa, mas isso é um trabalho extremamente delicado e que caso seja feito de maneira errada pode te render uma vida inteira com uma aposentadoria inferior.

Na verdade, quando você entra sozinho, sem Advogado, direto no INSS de maneira administrativa ou Juizado Especial Federal, algumas situações podem acontecer com você:

Advogado Para dar Entrada na  Revisão da Vida

Então, infelizmente, mesmo que você consiga pedir a Revisão da Vida Toda sem advogado, esse não é o caminho mais recomendado.

O ideal é que você pelo menos passe o seu caso antes por um Especialista em Revisões de Aposentadoria para que ele realize os cálculos e encontre brechas possíveis de serem revistas.

Afinal, quando não vou precisar de advogado?

Como você já aprendeu, não é recomendado realizar o procedimento 100% sem advogado, devendo, ao menos, ter um acompanhamento para realizar os cálculos iniciais.

Em que pese o Juizado Especial Federal não precisar de advogado aqui mora o perigo para muitos segurados que não entendem as regras do juizado.

Entrar no juizado pode fazer você abrir mão do que passar de 60 salários mínimos na época do ajuizamento do processo.

Caso do Pedro

Pedro era um aposentado que decidiu solicitar a Revisão da Vida Toda para aumentar o valor de sua aposentadoria, uma vez que as suas maiores contribuições foram antes de 07/1994.

Com isso, confiante, pediu diretamente no Juizado Especial Federal a Revisão da Vida Toda, sem advogado, isso em 2020.

Quando foi dezembro de 2022, com a aprovação da Tese da Revisão da Vida Toda, Pedro procurou um advogado para realizar os cálculos e atualizar o valor do processo.

Ali, o advogado  ficou surpreso ao descobrir que havia vários erros no CNIS de Pedro, como falta de contribuições que havia realizado e períodos trabalhados que não estavam registrados. 

Pedro ficou desapontado ao perceber que esses erros poderiam ter sido corrigidos antes de ele solicitar a Revisão da Vida Toda. 

Ele então procurou ajuda de um profissional para corrigir esses erros e garantir que sua Revisão da Vida Toda fosse concedida corretamente. 

Com a ajuda do advogado, Pedro conseguiu corrigir todos os erros no seu CNIS e, finalmente, deixou o seu processo de Revisão da Vida Toda prontinho para ser julgado. 

Apenas esse cuidado garantiu um aumento de mais de R$400,00 na aposentadoria de Pedro.

Antes de corrigir os dados do CNIS, a Revisão da Vida Toda tiraria o benefício dele de salário mínimo para R$1.580,00 (2023), agora vai para quase 2.000!

Caso da Maria

Maria, aposentada, resolveu entrar com a Revisão da Vida Toda para incluir os salários anteriores a 07/1994, exatamente os maiores que foram desconsiderados na sua aposentadoria.

Ela procurou ajuda de um advogado, mas infelizmente escolheu um profissional que não era especialista em questões previdenciárias. 

Durante o processo de revisão, o advogado esqueceu de apresentar provas dos salários de Maria antes de 01/1982, que não estavam registrados no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais). 

Maria, começou a trabalhar em 01/1976 e rapidamente subiu de emprego, sendo que nunca recebeu menos do que salário mínimo.

Como resultado, por não provar o que pagou antes de 01/1982 esses salários foram considerados como sendo o salário mínimo, mas na verdade Maria recebia perto do teto do INSS.

Sendo assim, esse erro fez com que a Revisão da Vida Toda de Maria fosse menos benéfica do que deveria ser.

Grosso modo, em vez de receber o valor correto, ela acabou recebendo um valor menor.

Conclusão

Eu queria dizer que sim, você pode entrar com a Revisão da Vida Toda sem Advogado, contudo, não é bem assim.

Decerto, por ser uma Revisão focada em documentação e cheia de detalhes, um simples erro pode te fazer perder dinheiro, muito dinheiro, infelizmente.

Em suma, eu acredito que você não quer isso, não é mesmo?

Afinal, nós do Robson Gonçalves Advogados atuamos nessa Revisão desde 2019 e você pode entrar em contato conosco clicando aqui., portanto.

Já encaminha esse artigo para aquele amigo que pode ter direito a essa Revisão!

Assim, vou ficando por aqui e até o próximo!

Compartilhe o conteúdo:

WhatsApp

Siga nosso perfil nas redes sociais

Leia Também